[1]
V. Oliveira Jorge, “O Arqueólogo Cordial. A Junta Nacional da Educação e o enquadramento institucional da arqueologia portuguesa durante o Estado Novo (1936-1974): by Rui Gomes Coelho”, pdh, no. 9, pp. 261–267, Jan. 2021.